Institucional

 

Um sonho que tornou-se realidade:
organização e garantia dos direitos dos trabalhadores

 

Na década de 80 o sindicalismo aflorava intensamente em todo o Brasil. Na cidade de Matão, interior do Estado de São Paulo,  um grupo de trabalhadores comerciários inspirados nas grandes mobilizações que estavam acontecendo no ABC Paulista reuniu-se com a disposição de fundar uma entidade de classe, acreditando na união dos trabalhadores tendo por objetivo  a defesa de seus direitos, o fortalecimento da categoria e promover justas reivindicações.

Com este intuito, no dia 25 de Agosto de 1987, às 18h30, foi realizada a primeira reunião desse grupo, que deu origem a fundação da Associação Profissional dos Empregados no Comércio de Matão, quando foi escolhida a Diretoria, aprovado o Estatuto e definida uma base territorial. O interesse do grupo era a criação de um Sindicato. De acordo com a legislação vigente na época seria necessário primeiro criar uma associação profissional para posteriormente transformá-la em Sindicato, e foi o que aconteceu. Os diretores fundadores da Associação Profissional dos Empregados no Comércio de Matão foram:

 

PRESIDENTE
Sebastião de Deus Moreira (Tiãozinho)

SECRETÁRIO
Marcos José Mauri

TESOUREIRO
Aparecido de Anúnzio

SUPLENTES DA DIRETORIA
Antonio Ramos Pereira
José Carlos Aparecido Pelegrini (Ney)
Valdir Gomes da Costa

CONSELHO FISCAL - EFETIVOS
Paulo Roberto de Oliveira
Fátima Aparecida Guil
Naderso Constantino

CONSELHO FISCAL - SUPLENTES
Silvia Setsuko Senji
Elizabete Aparecida Bortolani
Eliel dos Santos Silva

 

O registro da referida associação foi efetuado pelo Ministério do Trabalho em 22 de Setembro de 1987, expedindo o certificado no Livro nº 06, Folha 294, em conformidade com o Artigo 558, da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e da Portaria Ministerial nº 38, de 02 de Agosto de 1944.

A partir do reconhecimento da Associação Profissional avolumaram-se o número de associados e as lutas em prol da categoria e, conseqüente, a transformação em Sindicato foi se consolidando e tornando-se uma realidade. Um ano após, a Diretoria da Associação convocou os trabalhadores do comércio para uma Assembléia Geral Extraordinária, realizada no dia 10 de Outubro de 1988, às 18h30, para deliberar sobre a transformação em Sindicato. Nesta data, portanto, foi concretizada a  tão sonhada transformação da associação profissional em Sindicato dos Empregados no Comércio de Matão, fato materializado por aprovação unânime, homologando a primeira Diretoria da entidade, assim constituída:

 

PRESIDENTE
Sebastião de Deus Moreira (Tiãozinho)

SECRETÁRIO
Eliel dos Santos Silva

TESOUREIRA
Nilda Morais Pereira

SUPLENTES DA DIRETORIA
José Carlos Aparecido Pelegrini (Ney)
Mariza Bonilha Rueda
Antonio Ramos Pereira

CONSELHO FISCAL - EFETIVOS
Naderso Constantino
Aparecido de Anunzio
Nilson Coelho Roncalho

CONSELHO FISCAL - SUPLENTES
Sérgio Vitor
Denílson Aparecido Zaneti
Inês Cavichia Trevizanelli

CONSELHO REPRESENTANTE
Sebastião de Deus Moreira
Naderso Constantino

 

A vontade daquele pequeno grupo de trabalhadores passou a ser a vontade da maioria dos trabalhadores comerciários. Consolidada a fundação do Sindicato, foi encaminhado o pedido de registro junto a Secretaria de Relações do Trabalho, que foi deferido, e tendo em vista as evidências da legitimidade de representação, protocolado sob nº 24000.002057/90, publicado no Diário Oficial da União do dia 14 de Maio de 1990, Seção I, página 9.112, arquivado no Arquivo de Entidades Sindicais Brasileiras (AESB) e admitido como filiado da Federação dos Empregados no Comércio do Estado de São Paulo na Assembléia Geral do Conselho de Representantes realizada no dia 12 de Novembro de 1991.

Contudo, havia ainda, trabalhadores comerciários da nossa região, das cidades de Dobrada, Santa Ernestina e Taquaritinga, que pertenciam a outra base territorial, mas quando necessitavam de atendimento recorriam ao Sindicato de Matão. Atendendo às manifestações desses trabalhadores em pertencer ao nosso Sindicato, em função da proximidade dos municípios, em 28 de Agosto de 1992 foi convocada uma Assembléia Geral Extraordinária que deliberou e aprovou a pretensão de estender a base territorial. Com isso, os comerciários interessados daqueles municípios foram convidados para outra Assembléia Geral, no dia 28 de Novembro de 1992, e decidiram pela incorporação à nossa base.

Com a proposta aprovada, primeiro pelos associados e, posteriormente, pelos novos trabalhadores interessados, nossa entidade passou a ser denominada como Sindicato dos Empregados no Comércio de Matão e Taquaritinga, abrangendo também os municípios de Dobrada e Santa Ernestina.

Nossa primeira sede social foi instalada na Rua Brasília, 688, no Centro. Depois passamos pela Avenida 28 de Agosto, 572 e Avenida Saldanha da Gama, 337, até finalmente adquirirmos nossa sede própria na Avenida Tiradentes, 602, também no Centro de Matão.

O sincomerciários também possui uma subsede em Taquaritinga, instalada na Rua Prudente de Moraes, 632, Centro, sala 12, shopping Kamada.